Nick Msn Portugues

Dezembro 3, 1995

Nick de Ciumes

Filed under: Ciúmes — leanlee @ 4:33 pm

* Por sua natureza e seus efeitos, o ciúme se aproxima da inveja. Porém, entre ciúme e inveja permanecem algumas diferenças. Na inveja, sentimos que outros possuem um bem que desejamos para nós, enquanto no ciúme defendemos um bem que julgamos nosso e que não desejamos ver partilhado com outrem. (Pierre Charon)

* Se quem ama adivinhasse o mal que o ciúme faz, não daria falso um passo, nem pra frente e nem pra trás. (provérbio brasileiro)

* Erram tanto o que suspeita demais quanto o que demais confia. (Diderot)

* O ciúme é o meio-termo entre o amor e o ódio. (Commerson)

* No banquete do amor, o ciúme é o saleiro, que ao querer verdadeiro empresta vivo sabor. Advirta-se porém ser erro temperar em demasia. O ciúme, por ser só sal um retrato, se posto demais no prato, não tempera, antes maltrata. (Tirso de Molina)

* O ciúme traduz o sentimento de propriedade, ao passo que a inveja mostra o instinto de roubo.

* Nenhum amor feneceu em razão do ciúme, pois ele e que faz é juntar um fogo a outro fogo. (Fernandes de Leon)

* O ciúme manifestado pelo homem quase sempre é infundado e sempre inflama a mulher; o ciúme mostrado pela mulher quase sempre é procedente e jamais inflama o homem. (Severo Catalina)

* O orgulho tem esquisitices como qualquer outra paixão. Temos vergonha de confessar que sentimos ciúmes mas nos vangloriamos de havermos tido e de sermos capazes de tê-lo. (La Rochefoucauld)

* Que vida de inferno é a vida do ciumento! Antes não amar do que amar desse modo. (Mantegazza).

* Ciúmes é medo disfarçado em amor.

* Para que um bom relacionamento continuar e seja agradável, é preciso não apenas suspeitar prudentemente como ocultar discretamente a suspeita. ( Stendhal)

* As grandes paixões, aquelas que chegam de repente, sempre trazem consigo as suspeitas. (Cervantes)

* Deuses imortais! Rogo por mim e por ninguém mais. Que jamais cresça em meu peito um coração que confie num juramento ou numa afeição. (Shakespeare)

* É o ciúme turbador da tranqüila paz amorosa! Ele é punhal que mata a mais firme das esperanças! (Cervantes)

* Os ciumentos sempre olham para tudo com óculos de aumento, os quais engrandecem as coisas pequenas, agigantam os anões e fazem com que as suspeitas pareçam verdades. (Cervantes)

* Essa enfermidade a que os amantes chamam de ciúme e a que melhor chamariam desespero raivoso tem por componentes a inveja e o menosprezo. Quando tal enfermidade domina a alma enamorada, não existe ponderação que a sossegue nem remédio que a possa curar. (Cervantes)

* Um acesso de ciúme pode levar um homem a cometer ações tão indignas, que, uma vez passada a vertigem da suspeita, ele se encontre grandemente envergonhado. (Massillon)

* Nenhum estado de ânimo desgoverna tanto o viver do homem quanto o ciúme, posto ser ele flecha envenenada que se crava, simultaneamente, no coração do amante e no orgulho do homem. (Massillon)

* De todas as enfermidades que acometem o espírito, o ciúme é aquela a qual tudo serve de alimento e nada serve de remédio. (Montaigne)

* Aumentam sempre aquelas suspeitas que levam ao ciúme; e uma vez averiguadas as suspeitas, sempre diminui o amor que as motivou. (Lope de Veja)

* O ciúme, o receio de deixar, o medo de ser deixado são as dores inseparáveis do declínio do amor. (La Rochefoucauld)

* Não pode florescer ternura onde vicejar ciúme. (Antonio de Castillá)

* O ciúme é odioso quando proveniente de alguém que nos desagrada, mas pode até ser agradável quando demonstra as inquietudes de um enamorado que nos cativou e que assim mostra seu apreço. Quanto mais zelo patentear, mais amor nos merece. (Molière)
* O que torna tão aguda a dor provocada pelo ciúme é que a vaidade não pode ajudar a suportá-lo. (Stendhal)

* O ciúme jamais está isento de uma ponta de inveja; freqüentemente essas duas paixões estão confundidas. (La Bruyère)

* O ciúme da mulher ordinariamente nasce do despeito, enquanto o do homem é filho do egoísmo. (Severo Catalina)

* O ciumento acaba sempre encontrando mais do que procura. (Mme. Scudéry)

* O ciúme é mistura explosiva de amor, ódio, avareza e orgulho. (Alfonso Karr)

* Da raivosa paixão que resulta do ciúme, só os ciumentos podem falar adequadamente. E será que mesmo os que a padecem são capazes de explicá-la? Como a devem rotular: loucura furiosa? Inferno confuso? Verdugo do coração? (Quevedo)

* O ciumento que se encoleriza ante a suspeita de não ser amado é um tirano. Se te arriscas a vir a ser um mau em razão de um prazer, renuncia a esse prazer; se te arriscas a ser um tirano em razão de um amor, renuncia a esse amor. (Silvio Pellico)

* O amor é forte como a morte; o ciúme é cruel como o túmulo. (Salomão)

* O ciumento sempre espiona, sempre duvida, sempre sofre; indaga do passado, do presente, do futuro; nas carícias busca a mentira; no beijo procura a indiferença; no amor teme a hipocrisia. (Mantegazza)

* O destino tem ciúme da nossa felicidade e deixa que os espinhos durem mais do que as rosas. (Racon)

* Procura responder com atos e procedimentos à suspeita que houver contra ti. (Joaquim Setanti)

* As palavras ditas sem reflexão, inspiradas pela cólera, não deitam raízes em parte alguma; porém quando sugeridas pelo ciúme alastram-se quais plantas parasitas, crescem e deitam ramagem sobre a árvore que é o coração, ensombrecendo-o (Schiller)

* O ciúme é indicio de baixeza moral: aquele que desconfia merece que ninguém lhe dê confiança, pois o homem avalia o proceder alheio pelo seu. (Demófilo)

* A suspeita é conselheira dos prudentes e dos discretos. (Calderón de la Barca)

* Vale mais romper de uma vez do que alimentar permanente suspeita. (Julio Cesar)

* O relacionamento entre pessoas é mantido menos pela confiança recíproca do que pela recíproca suspeita. (Napoleão)

* A suspeita e o ciúme são como venenos empregados na medicina: se pouco, salva; se muito, mata. (Antonio Perez)

* A desconfiança é o farol que guia o prudente. (Shakespeare)

* Se o ciúme é sinal de amor, como querem alguns, é o mesmo que a febre no enfermo. Ela é sinal de que ele vive, porém uma vida enfermiça, maldisposta. (Cervantes)

* Antes de manifestar ciúme que pode tornar a todos infelizes, que cada um se examine a ver se não está em falta com o outro. (Santa Teresa)

* Enquanto houver suspeita amorosa, o amor aumenta; quando há razões que fundamentam a suspeita, o amor é expulso. (Lope de Vega)

* É próprio da condição do ciumento enxergar como sendo maiores e mais valiosas, aos olhos da amada, as qualidades do seu rival. (Cervantes)

* O amor bem-educado costuma deixar seu lugar para o ciúme, quando este se apresenta. (Lope de Vega)

* Da vida, o amor é o mel, do amor o ciúme é o fel. (provérbio brasileiro)

* Ciúmes são tempestades de suposições e de suspeitas, levantadas pelas mesmas paixões que supõe defender. (Soror Maria de Agreda)

* Se é que do amor os ciúmes são filhos segundo é fama; eles aumentam deste amor a chama, a glória, o brilho. (Cervantes)

* Os amantes que confiam no ciúme para preservar o seu amor, ou são demasiado ingênuos ou são por demais confiados. (Cervantes)

* Os ciúmes morrem apenas quando matam.

* Para certas mulheres altivas e donas de si, o ciúme do homem amado pode se apresentar como maneira especial de mostrar o valor que essas mulheres possuem. (Stendhal)

* O ciúme infinito, às vezes acorda a curiosidade que está dormindo. (Provérbio brasileiro)

* O ciúme é o pior dos monstros criados pela imaginação. (Calderón)

* Quem um pouco de ciúme não mostra se arrisca a perder o que ama. (Provérbio argentino)

* Não tem ciúme só quem ama, mas também quem deseja amar. (Provérbio mexicano)

* Para o ciumento, é verdade a mentira que ele vê. (Calderón )

* Amor sem pitada de ciúme nem é grande nem verdadeiro. (Carbonell)

* O ciúme tem o seu cabimento: é a pimenta do amor. (Paula Nei)

* O ciúme da mulher, de quem se espera amor, é uma revelação agradável, ainda mesmo que valha pouco para a felicidade do coração (Camilo Castelo Branco)

* Quem ama não controla e quem controla não ama.

* Se queres prolongar o amor não permitas que a desconfiança te domine em relação à pessoa amada. (Ovídio)

* O ciúme, que parece ter por objeto apenas a pessoa que amamos, prova que na verdade que amamos só a nós mesmos. (Corneille)

* As mulheres não bonitas estão sempre ciumentas dos seus maridos; as bonitas nunca! Não têm tempo. Estão sempre ocupadas com o ciúme em relação aos maridos das outras mulheres. (Oscar Wilde)

* O ciúme é o maior de todos os males e o que menos compaixão desperta nas pessoas que o causam. (La Rochefoucauld)

* As mulheres não gostam do ciúme do homem que não amam, porém lhes desagrada bastante que o homem amado não demonstre algum ciúme. (Ninon de Lenclos)

* O ciumento passa a vida tentando descobrir o segredo que irá destruir a sua felicidade. ( Oxenstien)

* Ciúme é falta de estima pela pessoa amada. (Bunin)

* São sempre desatinadas as vinganças por ciúme. (Cervantes)

* O ciúme é uma das enfermidades psicológicas mais congênitas. Quando se nasce com ela, a cura é difícil. Ela envenena as alegrias mais gratas da vida, derrama fel em cada gota de água, em cada bocado de pão. (Mantegazza)

* Para aquela que é objeto do ciúme, ele passa a ser considerado como desconfiança injuriosa e, por isso, uma autorização a enganar o ciumento. (Marcel Proust)

* Os ciumentos não precisam de motivo para ter ciúme. São ciumentos porque são. O ciúme é um monstro que a si mesmo se gera e de si mesmo nasce. (Shakespeare)

* O ciúme é uma constrangida homenagem que a inferioridade presta ao mérito. (Mme Puisieux)

* Não deveríamos ser ciumentos nem quando houvesse motivo para o ser. Somente quem evita provocar ciúme é digno de o merecer. (La Rochefoucauld)

* Meu Senhor, livrai-me do ciúme! É um monstro de olhos verdes, que escarnece do próprio pasto que o alimenta. Quão felizardo é o enganado que, cônscio de o ser, não ama a sua infiel! Mas que torturas infernais padece o homem que, amando, duvida, e, suspeitando, adora. (Shakespeare)

* Cada mulher sente ciúme de todas as outras mulheres porque atrás delas correm, se não seu marido, os demais homens, todos os quais, então, se lhe tornam infiéis. (Jean Paul)

* O ciúme nasce sempre com o amor, mas nem sempre morre com ele. (La Rochefoucauld)

* Dizeis ser possível sentir ciúmes sem ter jamais amado? Sim, é possível, pois existem ciúmes de tão ruim origem que são como abortados filhos do mais cruel rancor. (Calderón)

* É coisa mais que provada não haver ciúme sem loucura. – E também sem amor, meu senhor, isso se pode igualmente afirmar. – Ora ciúme é ódio, e de ódio, sempre, o amor está vazio. (Cervantes

* Tanto sofre o ciumento que sente alegria quando morre antes do que o ser amado objeto do seu ciúme. (Campoamor)

* Se a mulher se irrita com o homem ciumento, muitas vezes isso sucede porque ela não se decide sobre se tal ciúme é homenagem ao seu amor ou ofensa à sua virtude. (Stendhal)

* O ciúme faz com que o ciumento veja sombras, fantasmas, com voz, com físico, com vida. Mas são visões , não mais; eis que o ciúme também pode transformar lágrimas em cristais. ( Calderón)

* Ciúmes é um sentimento que vem embrulhado em medo.

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: